Teoricamente princesa. A história de uma Cinderela urbana e de seu surpreendente príncipe encantado

R$59,90

Autor: Alyssa Cole
ISBN: 9786555351095
Edição: 1
Lançamento: 31.08.2020
Peso: 315.0g
Dimensões: 160.0 x 230.0 x 23.0 mm
Páginas: 304

Em estoque

REF: 9786555351095 Categoria:

Descrição

Dividida entre a pós-graduação e os vários empregos, Naledi Smith não tem tempo para contos de fadas… Ou paciência para os e-mails constantes alegando que ela está noiva de um príncipe africano. Certo. Ok. Excluir! Filha adotiva, ela aprendeu que as únicas coisas em que pode confiar são ela mesma e o método científico, e um e-mail idiota não a convencerá do contrário.
O príncipe Thabiso é o único herdeiro do trono de Thesolo, concentrando as expectativas de seus pais e seu povo. Seu casamento está no topo da lista de prioridades do reino. Sempre obediente, ele localiza sua noiva desaparecida. Quando Naledi confunde o príncipe com um plebeu qualquer, Thabiso não resiste à chance de experimentar a vida – e o amor – sem o peso de sua coroa.
A química entre eles é instantânea e irresistível, e a amizade sedutora rapidamente se transforma em noites apaixonadas.
Mas quando a verdade é revelada, uma suposta princesa pode se tornar uma princesa para sempre?

Sobre o autor
Alyssa Cole é uma autora premiada de romance histórico, contemporâneo e de ficção
científica. Seu romance contemporâneo Teoricamente princesa foi eleito um dos 100
livros notáveis do The New York Times de 2018, e seus livros receberam elogios da crítica do Library Journal, BuzzFeed, Kirkus, Jezebel, Vulture, Book Riot, Entertainment Weekly, e vários outros veículos. Quando não está trabalhando, geralmente pode ser encontrada assistindo anime ou cercada por seus muitos animais de estimação.

Informação adicional

Peso 315.0 g
Autor

Alyssa Cole

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Teoricamente princesa. A história de uma Cinderela urbana e de seu surpreendente príncipe encantado”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *